Por que parei de escrever?

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Este site foi criado para reunir minhas reflexões sobre inúmeros assuntos, compartilhar matérias de aula, exposições bíblicas e apostilas que produzo. Mas, se você me acompanha brevemente, provavelmente notou que não o atualizo há um bom tempo. Durante esse hiato fui inquerido por várias pessoas do porquê. Cheguei até a receber e-mails de pessoas desconhecidas, mas que liam o conteúdo e não estavam encontrando nada novo. Então, faço questão de expor meus motivos para o “descanso da minha pena”.

1. Falta de tempo

Quando criei o site eu esperava ter mais tempo para poder escrever. Tinha a expectativa de atualizar o conteúdo pelo menos uma vez na semana. Ledo engano. As atividades do seminário e igreja fizeram questão de colonizar todos os espaços da minha agenda. São pregações, aulas de EBD, aconselhamentos, visitas, leituras, exegeses, aulas, monografia… ah, a monografia! Além disso, diferente do que pensam alguns, um seminarista também tem vida normal. Ou quase isso. Temos família, contas, namorada, problemas de saúde, viagens, imprevistos, etc. Viver nessa rotina e ainda escrever com a frequência anterior, para mim se tornou inviável.

2. Tenho menos conteúdo do que pensava

Somado às altas demandas que resultaram na falta de tempo está uma dura lição que aprendi: tenho menos conteúdo do que julgava ter. Eu sei, não é tão difícil concluir isso, mas você sabe como nosso coração é enganoso, não é? A Bíblia nos alerta para isso (Jr 17.9). Quando comecei minhas postagens, julgava que analisaria rapidamente o momento cultural e que conseguiria comentar tudo que estivesse acontecendo com profundidade e assertividade bíblica. Notei, entretanto, que para cada texto que me propunha a fazer era preciso algumas horas de leitura e estudo se não quisesse falar besteira. E mesmo assim algumas vezes eu falava. Não eram erros crassos, mas em toda revisão que fazia os encontrava. Além disso, pela graça de Deus, atualmente tem sido possível encontrar bons textos, com boa teologia, que analisam e comentam com mais propriedade os mesmos assuntos que eu escreveria. Para que, então, escrever se há pessoas mais experientes, maduras e melhores do que eu escrevendo? Concluí então que, hoje, não possuo a base e bagagem necessária para fazer o que queria, na rapidez necessária. Eu tenho menos conteúdo do que imaginava.

3. Estou na época de aprender

Concluir que não sei tanto assim embora duro, é libertador. Sim, porque percebi que estou justamente na época de aprender e errar. O seminário é um excelente ambiente para isso! É tempo de ler autores que concordam e discordam entre si, te desafiando a analisar qual é mais bíblico. É tempo de ler obras, não entender, e ler novamente. É tempo de estudar um texto bíblico direto do grego ou hebraico e se sentir o maior exegeta da história, até seu professor destruir sua ilusão e falar está tudo errado. É tempo de estudar bastante, refletir, fazer anotações, chegar a conclusões e digerir tudo. É tempo de formar uma base de conhecimento minimamente sensata sobre a história, filosofia, línguas originais da bíblia, política, teologias, e muitas outras áreas de estudo. Apenas com isso eu poderei, um dia talvez, ser tão produtivo quanto gostaria. Estou na época de ouvir e minha “ânsia de falar” estava roubando isso de mim.

4. A vida devocional é mais importante

Mais urgente e essencial do que a devida reflexão antes de postar é a vida devocional. Ela é essencial para qualquer cristão. Através dela a escrita ganha vida, sensibilidade, cuidado e mais firmeza. Isso, claro, porque a escrita se torna um reflexo do seu relacionamento com Deus; uma reprodução do fruto do Espírito que é desenvolvido. Contudo, apesar de ser o mais importante, é justamente a primeira área que sofre com nossas agendas lotadas. Decidi, então, priorizar o que é prioridade, ainda que isso signifique sacrificar algumas coisas. Disse não a muitas coisas. Coisas das quais gosto de fazer. Mas fiz o que devia fazer. Não quero falar de assuntos cristãos sem ser um cristão que se relaciona devidamente com Cristo.

Conclusão

É importante dizer que durante esse hiato, continuei dando aula de EBD, exposições bíblicas e escrevendo várias coisas, além dos trabalhos do seminário. Continuei estudando para responder as dúvidas e demandas do povo que Deus me deu para amar e cuidar. Continuei tomando conhecimento dos acontecimentos ao meu redor e me esforçando para analisá-los segundo a baliza bíblica. Então, o que mudou? Mudou a maneira que me relaciono com tudo isso. Não tenho a pressão de postar isso. Posso colocar à prova o que penso, pessoalmente, nos ambientes que convivo e ser corrigido quando falho. É maravilhoso poder ser corrigido por quem não apenas sabe mais do que você, mas também te ama. Todos, sem exceção, precisam ser cuidados e pastoreados.

Esse site é um dos pequenos sonhos que tenho. Os e-mails e mensagens que recebo até hoje provam que ele tem sua utilidade e ajuda algumas pessoas, principalmente as apostilas de aula de EBD. Esse feedback é muito legal! Mas acho sensato aproveitar intensamente meu momento atual para poder ser mais útil ainda no Reino de Deus, tanto agora, quanto no futuro. Se eu fosse responder a pergunta “Por que parei de escrever?” em uma frase, ela seria: “porque o Senhor está me ensinando uma lição!” E que maravilha perceber isso!

Num futuro breve, se Deus permitir, volto com tudo para a glória d’Ele mesmo!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Comentários no Facebook